Descarte e reposição de fêmeas

A melhor forma de tornar o rebanho produtivo e rentável é descartando as fêmeas de baixa fertilidade e as de pouca habilidade materna (criam mal seus produtos). Sempre dar prioridade em reter nas propriedades as bezerras que foram melhor desmamadas, ou seja, apresentaram os melhores escores corporais. Dessa maneira, é possível identificar as matrizes que criam bem e que parem regularmente.

Sendo assim, o melhor lugar para uma matriz que não é produtiva, que não cria bem o seu bezerro ou que não seja fértil, é ser descartada. A vaca que não produz exige os mesmos gastos da vaca que produz, desta maneira, se o criador não descartar a vaca improdutiva, a vaca que não produz irá diminuir o lucro final da propriedade.